Batendo perna

Bronx – Dia 11

Hoje resolvi seguir um guia do hostel, o local escolhido foi o Bronx.

Por mais que em nenhum momento tenha sido discriminada ou olhada de um jeito diferente aqui em Manhattan, pude notar que no Bronx a maioria esmagadora das pessoas são negras ou latinas, contei nos dedos quantas pessoas brancas além do grupo em que eu estava vi na rua. Quase não cheguei a acreditar que o guia era nascido e criado lá. Durante a excursão, ele explicou um pouco sobre isso que na década de 50 e 60, os bairros foram se separando literalmente por etnia! Estranho pra quem não viveu isso.

Em alguns momentos você nota que é o Bronx é um lugar mais carente do que Manhattan, até mesmo pelo número de moradores de rua que encontrei no caminho, mas nem por isso falta estrutura. Lá tem universidades, colégios bem prestigiados,

 

os Yankes (não entendo, mas percebi que tem um orgulho enorme envolvido com o time).

Medo dessa estação próxima ao estádio… em pensar que passei 3 vezes por ela!

 

Passamos por uma especie de Brás, sério tinha roupa por 5 dólares, sensacional!!! rs O povo comeu 2 pedaços de pizza e um refri por 2,99 e eu passei fome com uma maçã, pois TODAS as pizzas tinham queijo (embrulha o estomago só de lembrar), mas está valendo.

Prédio fechado que não cedeu para virar um shopping, pelo que entendi, logo iniciariam as reformas

Também há uma fonte de água potável em um parque no meio do bairro. Sinceramente, me surpreendeu de maneira super positiva! Com direito a foto para microsoft

You Might Also Like

Leave a Reply