Livros

Supernatural!

Tenho que contar um segredo! Sou apaixonada por Dean Winchester, e o mais importante, ele também é por mim (mesmo que ele ainda não saiba)!

Dean Winchester

Fonte: Google Images

A primeira vez que assistia  serie, não levei muito a sério (foi na tv aberta e era difícil acompanhar, pois sempre perdia um episódio), mas nesse ano, o amor aflorou (rs), resolvi alugar a primeira temporada na locadora perto de casa (sim, eu alugo vídeos, melhor do que comprar pirata e deixar largado, ah, não tenho tv por assinatura, ainda) e fiquei interessada pela saga, afinal não era somente terror, também tinha episódios de comédia, suspense, emoção, muita ficção…

E eis que um amigo me emprestou as temporadas 2 e 3. Isso foi o suficiente para a menina aqui enlouquecer, acho que assisti as 7 temporadas em menos de 1 mês, por dia, ia 4 episódios!!! rs (não vejo a hora de pegar a oitava).

História contada, vamos ao que interessa! O livro…

Buscando livros de artesanato (mentira queria ver os preços do combo da série) tropecei nesse diário, que para quem assistiu a série sabe que ele é recorrente é o guia dos rapazes. Adivinhem, enlouqueci, sai correndo para loja física, mas não tinha, então comprei pelo site (10 dias para chegar), valeu a pena! Paguei R$19,90.

***

O livro tem uma narrativa de diário mesmo, você consegue reconhecer a aflição de um pai que cria os seus filhos dentro de uma realidade que nenhuma das outras pessoas conhecem! E sua obsessão em caçar algo que estragou a sua vida!

A cada ano narrado, ele renova os votos de vingança, lembra de todos os aniversários do Dean, Sam e de casamento, seria um homem perfeito por lembrar de todas essas datas se não estivesse em meio de uma caça!

Por mais que isso tenha passado o John como um ser humano, cheio de falhas, bom pai, determinado. Achei muito cruel a maneira com a qual ele entregou a vida do Sam ao Dean, na série você tem uma noção disso, porém parece que foi uma escolha do Dean, no diário é bem diferente, foi imposto a ele essa missão, mas imaginem isso para uma criança de 4 anos. Irmãos mais velhos (na maioria) tem como tendência proteger os mais novos, e nesse caso foi acrescentado de uma pitada extra de um pai obcecado por vingança e por medo!

Esse é mais um dos motivos pelo qual amo o Dean, mesmo com toda essa carga de responsabilidade, ele criou sua própria personalidade e força, e como o próprio pai relata, também foi humano, teve medo e aprendeu que no mundo dele não é permitido hesitar!

Além disso sempre fiquei curiosa em como ler o exorcismo, desenhar simbolos, a relação de reencontros com os monstros… E sim, mostra muita coisa disso (não tentem ler o exorcismo, não sai com a sensualidade do Sam ou fluência)

Outra coisa curiosa no diário é a descrença dele em demônios, tão natural na série e no diário só confirmou pouco tempo antes do início, estranhei!

Eu achei muito legal e curiosa a leitura, senti falta de muitos elementos, coisas que não se encaixaram muito bem, mas valeu pena!!!

Existe outro livro da série de Alex Irvine que é o livro dos monstros, espíritos, demônios e ghculs, que deve ser minha próxima aquisição!

Lugar garantido na estante!

Leave a Reply